Velas de aniversário

   Hoje eu comemorei, antecipadamente, meu aniversário de 20 anos. Estava lá minha família. Eu sempre me sinto estranha e desconfortável em festas que são para mim, dessa vez não foi diferente. Em alguns momentos senti que poderia chorar. Era como se uma sensação de solidão muito grande se alastrasse por mim. Tudo isso se intensifica no próprio dia do meu aniversário, dia em que não consigo evitar de derramar algumas lágrimas.

   Mas tudo bem, eu estava perfeitamente feliz, para ser sincera. Sentia saudades de reunir todas as pessoas da minha família, conversar com elas e ter umas horas agradáveis. Teve um bolo para mim. E as velas 2 e 0 em cima dele. É engraçado sentir que estou prestes a completar duas décadas de existência no mundo.

   Como de praxe, todos cantaram parabéns. E minha mãe disse: faça um pedido. No meio de todo aquele alvoroço, de vozes altas e animadas, eu sabia exatamente qual era meu pedido. Claro como a água, sem pensar muito, pedi por ela. Pedi por nós. Não sabia exatamente o que estava pedindo, mas incluía eu, ela e algo sobre um longo tempo. Foi tudo o que consegui mentalizar.

   E então percebi que não preciso estar sozinha para querer isso. É no meio de uma multidão, em meio a pessoas olhando diretamente para mim, em meio a “parabéns para você”. Se me disserem: “faça um pedido”, eu não exitarei nem um segundo.

   Meu pedido é ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s